Artículo

Liberdade - ponto de chegada de uma criação contínua

os portuguez (1814-1826)

Freedom as the point of arrival of a continuous creation

o portuguez (1814-1826)

Universidad Nueva de Lisboa (Portugal) enviar el email al autor


Publicado en el en Revista de literaturas modernas (Vol. 43, no. 1)
Institución Editora: Universidad Nacional de Cuyo. Facultad de Filosofía y Letras. Editorial Idioma: Español


Resumen:

Portugués
Razão de uma escolha: a importância do periódico O Portuguez e do seu redactor João Bernardo da Rocha Loureiro no desencadear da Revolução Liberal portuguesa de 1820, que deu início ao processo que colocou fim à monarquia absoluta e desencadeou a desconstrução do Antigo Regime em Portugal. Nesta panorâmica, e tendo como horizonte de chegada a fruição da liberdade, pode dizer-se que, enquanto sistema de significações colectivas, o imaginário do redactor Rocha Loureiro parece actuar como reacção ao poder dissolvedor da inteligência, como regulador que satisfaz a busca apaixonada de um grupo ou sociedade que persegue a sua identidade da qual a liberdade é elemento constituinte, fundamental e fundamentador. A liberdade define-se pela ausência de limitação às garantias necessárias para o harmonioso desenvolvimento do indivíduo. Antes de mais a liberdade é, na sua essência, uma ausência de limitação, sendo simultaneamente uma determinação positiva e espontânea da vontade de liberdade em que cada um procura atingir o fim racional de que está possuído. O indivíduo deseja a liberdade com vista a alcançar o melhor possível do seu ser. Na essência, a vontade de liberdade de cada um confunde-se com a vontade colectiva que encontra a sua expressão no poder político.

Inglés
A Reason of a choice: the importance of the journal O Portuguez, and of its redactor João Bernardo da Rocha Loureiro in the beginning of the Portuguese Liberal Revolution of 1820, has started the process which put an end to absolute monarchy, and triggered the deconstruction of the Ancient Regime in Portugal. In this overview, and having as horizon the arrival, and the enjoyment of freedom, it can be said that, while the collective meanings system, and the imaginary of the redactor Rocha Loureiro seems to act, as a reaction to the melted power of his intelligence, and as a regulator that satisfies the passionate pursuit, of a group or society, that pursues its own identity, from which freedom is an essential element component. Liberty is defined by the lack of the restraining guarantees that are necessary for the harmonium’s development of the human being. First of all, freedom is, in its essence, a lack of limitation, which could be at the same time a positive and a spontaneous determination, of freedom desire, in which, each one seeks to achieve the rational purpose , that owns. The human being, wants the freedom, in order to achieve the best possible of his own being. In its essence, the desire for freedom of each one is entangled with the collective will, which finds its expression in the political power.


Disciplinas:
Letras y literatura - Historia - Política y Ciencias políticas

Palabras clave:
Revolución liberal portuguesa - - Voluntad de libertad - Liberdade - Igualdade - Revolução de 1820 - Liberty - Equality - Revolution of 1820 - Political Power

Descriptores:
MONARQUÍA - LIBERTAD - IGUALDAD - PODER POLÍTICO

descargar pdf


Licencia Creative Commons

Este obra está bajo una Licencia Creative Commons Atribución-NoComercial-CompartirIgual 3.0 Unported.
Conozca más sobre esta licencia >

Cómo citar este artículo:

Alves, José Augusto Dos Santos (2013) "Liberdade - ponto de chegada de uma criação contínua: os portuguez (1814-1826)". En: Revista de literaturas modernas, Vol. 43, no. 1, p. 137-164.
Dirección URL del artículo: http://bdigital.uncu.edu.ar/6384.
Fecha de consulta del artículo: 17/12/17.
Cómo incrustar el enlace a este documento en tu sitio

<iframe src="http://bdigital.uncu.edu.ar/app/widget/?idobjeto=6384&tpl=widget" width="420px" frameborder="0" ></iframe>